Catavento: Uma viagem científica

Experimentar… sentir. Aprender na teoria é importante, mas quando tudo vira prática, o aprendizado se torna muito mais efetivo. É isso que o Catavento Cultural e Educacional proporciona aos visitantes.


Notícias 27 – 01 de maio de 2011

Ficou para trás o tempo em que a palavra “museu” era sinônimo de coisa velha e estática. As novas mídias e a tecnologia trouxeram conceitos e diferentes formas de se preservar e transmitir o conhecimento.

 

Experimentar… sentir. Aprender na teoria é importante, mas quando tudo vira prática, o aprendizado se torna muito mais efetivo. É isso que o Catavento Cultural e Educacional proporciona aos visitantes.

Que tal aprender história durante uma escalada? Ou geografia, entrando em uma caverna que reproduz formações e sons originais? E já se imaginou estudar física entrando em uma grande bolha de sabão ou numa sala de ilusão de óptica?

“As pessoas não debatem ciências, não possuem o hábito. E, sobretudo para os jovens, é preciso um espaço que seduza para gerar um interesse. Para inserir essa vontade de aprender e o gosto pela ciência no cotidiano, o Catavento aposta na interatividade como forma de atração”, diz Thiago Padovan, educador.

O Catavento é o Museu de Ciência da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, localizado no Palácio das Indústrias, no Centro. O espaço de 4 mil metros quadrados é dividido em 4 seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade.

Não há restrição de idade, pois as atividades atraem de crianças a adultos. Porém, para os adolescentes, a apreensão de todo o espaço é mais fácil porque se relaciona com o conteúdo que estão aprendendo na escola. Já as crianças, acabam tendo a percepção mais sensível sobre a experiência em si, sem se aprofundar na teoria.

Conheça abaixo algumas atrações:

(bloqueios do seu firewall podem prejudicar a visualização das imagens abaixo)

Vida:

• Aquários de água salgada, anêmonas e peixes carnívoros e venenosos;
• Vitrine de Borboletas;
• Fotossíntese e anéis de crescimento;
• Biomas;

Engenho:

• Balão de Calor;
• Salão de Luz e Óptica;
• Som;
• Eletromagnetismo;
• Sala das Ilusões;
• Balança que indica seu peso em outros planetas;

Sociedade:

• Passeio virtual em 3D pelo Rio de Janeiro;
• Jogos de Nanotecnologia;
• Parede de escalada (Jogos do Poder);
• Estúdio de TV (o visitante grava um telejornal e acompanha o funcionamento de um estúdio de TV);
• Alertas à juventude (drogas, gravidez, etc);
Laboratório de Química: Veja aqui mais informações sobre essa atividade;

Universo:

• Sistema Solar: Conheça o Sol interagindo com uma réplica dessa importante estrela;
• Estrelas, galáxias e meteoritos;
• Caverna;
• Interior da Terra;
• Astronomia: Participantes de todas as idades podem observar o sol por telescópios e assistir palestras do Clube de Astronomia de São Paulo. Confira as datas e temas.

“Quando Deus preparava os céus, aí estava eu; Eu estava junto quando Ele criava o céu e traçava a linha do horizonte; Quando criou as nuvens para a chuva e as fontes e rios que alimentam os mares. Quando criava limites para os oceanos além dos quais as águas do mar não devem passar. Eu estava com Ele, e Ele era seu arquiteto”. Passar pelas atividades do museu é como reviver esse provérbio, quase dá para ver cada linha arquitetada do Universo e contemplar como o mundo foi feito com perfeição.

Além disso, é possível conferir o acervo do Museu de Tecnologia de São Paulo distribuído na área externa. O público pode apreciar de perto um avião da Segunda Guerra Mundial, uma Locomotiva de 1888, entre outras atrações devidamente explicadas com placas para o público ou pelos monitores para visitante escolares.

“A abrangência temática é um dos diferenciais do Catavento, além da possibilidade de interagir e do contato com equipamentos tecnológicos novos, como os tablets, por exemplo. Poucas instituições abordam tantos temas em um só local. Brincar, tocar e aprender através de percepções sensoriais, para muitas crianças, são oportunidades que não fazem parte do cotidiano. A ideia é mudar essa realidade, transferindo o conhecimento de forma divertida, seja através das atividades com os monitores, seja pelo espaço físico em si”, complementa Thiago.

Existem duas formas de se conhecer todo esse universo cultural:

• Visitação como público: Basta chegar, adquirir o ingresso e curtir o espaço. Vale a pena levar a família e dedicar um dia inteiro, pois tem muitas atrações e o espaço é enorme.

• Visitação escolar: Agende previamente para que os alunos tenham acompanhamento dos monitores. Os professores também são bem-vindos e podem aproveitar os conteúdos visitados para relacionar com o que é aprendido em sala de aula.

Catavento Cultural e Educacional

Local: Museu da Tecnologia de São Paulo na área externa do Palácio das Indústrias e áreas internas, o Catavento (Engenho, Educação, Universo e Auditório)
Endereço: Praça Cívica Ulisses Guimarães, S/N – Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP
Quanto: Grátis (exposição na área externa do Palácio das Indústrias) e R$ 6,00 e meia-entrada para estudantes e idosos (atrações da área interna do Catavento com direito à visitação por todas as seções do espaço)
Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II
Estacionamento: R$ 5,00 (capacidade para 200 carros)
Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotiva
Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria do Catavento fecha às 16h)


Outras informações:

Saiba mais sobre visitação
Regras para agendamento de grupo
Cursos e outras notícias
Mapas das instalações internas
Lista completa das atividades

Agradecimentos:

– Thiago Padovan, formado em jornalismo, é educador no Catavento Cultural e Educacional.
– Analú Barbosa e Marina de Castro Alves, assessoras de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.