Uso do Cerol: A brincadeira que não é brincadeira

O uso do cerol, mistura de cola e vidro passada nas linhas das pipas, é uma prática criminosa que causa muitos acidentes fatais.


Notícias – 27 de julho de 2015

Por: Eliane Galante é Professora, Bacharel em Ciências Sociais e Geografia.

Aconteceu mais uma vez! Na cidade de Andradina, interior de São Paulo, no último dia 22 de julho, um jovem de 22 anos teve seu pescoço ferido por uma linha que continha cerol. Nesse caso, o jovem foi rápido e pulou de sua moto evitando um mal maior, mas, no Brasil, centenas de pessoas se acidentam gravemente devido a esta prática realizada por crianças e adolescentes de todo o país.

O uso do cerol, uma mistura de cola e vidro moído que é passada nas linhas das pipas com a finalidade de cortar a linha de outras pipas, é uma prática criminosa que causa muitos acidentes fatais onde os motociclistas são as principais vítimas.

Empinar pipa é uma brincadeira que dá muito prazer às crianças, adolescentes e, até mesmo, aos adultos; quem nunca teve o prazer de segurá-la no ar e poder “desbicar”, vendo a pipa no imenso céu azul dançando? Mas, há pessoas que não se contém com tal prazer e passam a disputar com outras pipas vendo quem vai “ralar” o adversário primeiro e, para o sucesso de mandar a outra pipa embora haja o uso do cerol.

Além dos motociclistas, outro grupo vítima da prática de uso do cerol são os animais, em especial os pássaros, que muitas vezes são mutilados ou mortos ao se chocarem com a linha em pleno voo.

Em esfera nacional não há uma lei que trate dessa prática, mas, no Estado de São Paulo, a lei 10.017, de 1998 proíbe expressamente a fabricação e a comercialização do cerol, também conhecido como cortante, ficando a cargo da autoridade competente advertir o estabelecimento e, caso haja reincidência, o próprio fechamento do lugar. Já, a lei 12.192, de 2006 proíbe o uso de cerol ou qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de pipas e o seu não cumprimento acarretará em pagamento de multa. Sendo menor o infrator, os seus responsáveis serão as pessoas que responderão por tal prática. Vale lembrar que, quando há um acidente que possa levar a morte de uma pessoa que teve seu pescoço cortado pela linha, o usuário do cerol responderá criminalmente.

Soltar pipa é uma atividade milenar divertida que reúne família e amigos em momentos ímpares de nossas vidas; praticá-la com responsabilidade é dever de todos.

Dicas importantes:

• Não use linhas com fio de cobre, cerol ou outras substâncias cortantes. Só as de algodão são seguras;
• Não solte pipas perto de fios ou antenas parar evitar descargas elétricas.
• Se a pipa enroscar em fios ou árvores, não tente retirá-las, você pode se acidentar.
• Os locais mais adequados para empinar as pipas são os locais abertos como parques, campos de futebol ou praças.
• Evite local onde há trânsito, especialmente de motocicletas.
• Não solte as pipas em cima de telhados ou lajes, há grande incidência de quedas e acidentes fatais.
• Aos motociclistas é recomendado o uso, em suas motos, de antenas antilinhas e capacetes com viseiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.