CINOMOSE: a doença temida pelos “aumigos”

A cinomose é uma doença altamente contagiosa que frequentemente acomete cachorros, especialmente os filhotes e os mais velhinhos. Saiba como prevenir…


Notícias – 12 de agosto de 2015

Por: Eliane Galante é Professora, Bacharel em Ciências Sociais e Geografia.

Cabo Pitoco
Cabo Pitoco

Vocês estão lembrados do Cabo Pitoco, aquele cachorrinho do posto de gasolina, fã dos policiais militares e que tem ajudado a alimentar vários amigos de quatro patas? Então, ele, há aproximadamente 2 meses atrás, teve que passar por atendimento médico veterinário devido a uma suspeita de cinomose.

A cinomose é uma doença altamente contagiosa que frequentemente acomete cachorros, especialmente os filhotes e os mais velhinhos que não foram imunizados através de vacinação.

Esta é uma doença sistêmica, ou seja, pode atingir vários órgãos; é causada por um vírus e sua contaminação se dá através do contato com outros animais já infectados, pelas vias respiratórias devido o ar contaminado ou através de objetos que já tiveram contato com o animal contaminado.

Houve a suspeita que o Cabo Pitoco estivesse com cinomose porque ele apresentou alguns sintomas da doença como secreção no nariz e nos olhos, perda de apetite e apatia. Outros sintomas são falta de coordenação, vômito, diarreia, tosse, espirros e febre.
Depois da raiva, a cinomose é a doença mais temida entre os cachorros, afinal a taxa de mortalidade está entre 25% a 75%.

Assim que um cachorro é diagnosticado com cinomose, através de exames clínicos, este deve ser isolado e iniciar um tratamento com antibióticos. Mas, a melhor forma de se combater esta doença altamente mortífera é fazendo a prevenção com vacinação e a popular vacina V-10 é que tem essa tarefa. Mas, infelizmente, no Brasil, apenas 1 em cada 5 cães são vacinados.

Por isso, é importante que os donos dos nossos amigos de 4 patas estejam sempre atentos à vacinação dos seus bichinhos, afinal prevenir é melhor que remediar e não queremos arriscar a vida desses fiéis amigos, correto?

Em relação ao Cabo Pitoco, foi só uma suspeita. Nosso amigo de quatro patas só nos deu um susto; ele está firme e forte ajudando seus “aumiguinhos” abandonados a se alimentar. No último encontro, que ocorreu em 25 de julho, foram arrecadados 400 kg de ração que estão sendo distribuídos nas ruas e para alguns protetores. E ele continua a mandar seus “lambeijos” aos mais de 40 mil seguidores de sua comunidade no Facebook.

Dicas para evitar a cinomose:
• Faça a vacinação anual de seu cão;
• Mantenha o abrigo do cachorro sempre limpo e desinfetado;
• Evite o contato do seu cão com outros cachorros não vacinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.