Como gatos nos tornam pessoas melhores

Tudo na vida é um aprendizado, tudo mesmo. Só que hoje eu queria falar sobre como meus gatos me tornaram uma pessoa melhor.


Notícias – 04 de setembro de 2015

Por: Claudia Giron Munck é Bacharel em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Pós-Graduada em Comunicação Organizacional e Relações Públicas, especializada em Marketing e Mídias Digitais.

Tudo na vida é um aprendizado, tudo mesmo. Só que hoje eu queria falar sobre como meus gatos me tornaram uma pessoa melhor.

Porque a arrogância da nossa humanidade nos faz pensar que nós mandamos no mundo. E, embora de fato tenhamos um tanto de autoridade, isso não é uma verdade completa. E uma das primeiras coisas que aprendi é que a minha vontade não é soberana. Oras, só porque eu quero algo, não significa que eu possa obrigar o outro a querer.

Ninguém é objeto, então não se pode “ter” alguém, é preciso conquistar – o tempo todo. E conquistar é trabalhoso, além de demandar domínio próprio e gestão de ego.

Ainda que nossos instintos nos forcem a nos escondermos, é preciso reconhecer um coração disposto e confiar, nem que seja em poucas pessoas. O amor, simples e incondicional, é capaz de curar todas as feridas e a rigidez geradas pela dor da rejeição e do abandono.

Só porque alguém não faz loucuras públicas de amor, não significa que não nos ama ou que o “amor é pequeno”. Significa apenas que esse alguém nos ama muito, mas se expressa conforme o seu próprio jeito de ser.

Eles nos ensinam a ter gratidão a Deus, por cada dia, pelo solzinho da manhã, por uma boa soneca… e por aqueles que nos estendem a mão. Todos os dias e por tudo, agradecer.

Dividir uma casa ou um espaço é fazer concessões. Ainda que a adaptação pareça incômodo aos olhos alheios, vale a pena abrir mão de algumas coisas para o conforto do outro, ou simplesmente entender que não adianta investir fortunas em um móvel que não ficará intacto ali.

A felicidade está em coisas pequenas, simples e baratas. O que significa que trabalhar até mais tarde todos os dias e juntar dinheiro para comprar coisas caras não valem ABSOLUTAMENTE nada. Uma bolinha de papel e chegar mais cedo em casa, para aproveitar o tempo fazendo folia com a bolinha de papel, é o que realmente importa.

Paredes brancas não são necessárias na vida, afinal, elas existem para proteger e dar tração traseira. Cortinas? Ah, elas não são eternas mesmo.

“Melhor é a mão cheia com descanso do que ambas as mãos cheias com trabalho, e aflição de espírito”. Portanto, dormir é fundamental. E dormir abraçadinho e/ou amontoado é delicioso!

Com certeza eles leram e traduzem bem aquele livro que diz “Melhor é serem dois do que um. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão. E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão”.

Só porque alguém ou um problema é grande, não quer dizer que devemos temer. Muito menos medir esforços para ajudar quem se ama ou, simplesmente, quem precisa de ajuda.

Vigiar sempre. Muita observação, posições estratégicas e privacidade são fundamentais para sobrevivência na vida e na sociedade. A curiosidade pode nos colocar em risco, mas nos faz ousados e traz descobertas inimagináveis. Mesmo que no fim seja apenas um corredor vazio, é interessante ver o que há por trás das portas.

E eu poderia ficar mais algumas horas falando sobre como é possível aprender, se deixar moldar e ser melhor. No entanto, acho que dá para encerrar deixando uma última reflexão: Bons amigos também erram, fazem bobagens e melecas… mas perdoar é preciso.

[Leia a Parte II, clicando aqui!]

Um comentário em “Como gatos nos tornam pessoas melhores

  • 04/09/2015 em 12:15
    Permalink

    Adorei o texto, ele descreve muito bem o quanto eu amo os meus quatro gatos( Kira, Sully, Novak e a mais nova aquisição Aninha), acho um erro quando falam que gato gosta da casa e não do dono, eles são muito amorosos e nos da muita alegria e quando estamos triste eles são os primeiros a se aproximarem e nos da conforto, não tem como não amar e o texto descreve muito bem isso, parabéns Claudia, amei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.