Como implantar projeto que reduz violência em escolas!

Em uma época que muito se fala sobre a necessidade de mudanças na educação, o promotor Sérgio Harfouche tem feito a diferença com um projeto que diminuiu 60% da violência nas escolas em Campo Grande.


Notícias – 14 de setembro de 2015

Dia 16/09/15, às 14h, o Promotor Sérgio Harfouche fará uma palestra gratuita para professores e profissionais da educação, aberta ao público, no PEC de Caieiras.

Dia 17/09/15, às 18h, haverá uma Audiência Pública com o promotor, para pais e responsáveis.

Para participar de ambas as programações, basta comparecer no local:
PEC – Rodovia Presidente Tancredo Neves – Caieiras – SP

Em uma época que muito se fala sobre a necessidade de mudanças e melhorias na educação, sobre o aumento de violência nas escolas e a desvalorização do ensino, o promotor de justiça Sérgio Harfouche, de Campo Grande-MS, tem feito a diferença com o projeto que desenvolve a frente da 27ª Promotoria de Infância e Juventude da cidade.

Ao notar que 65% dos casos de homicídio que eram levados para julgamento envolviam jovens e adolescentes, seja como vítimas ou réus, Sérgio Harfouche resolveu deixar o júri e atuar com a infância e juventude, para agir antes que o problema ocorra, ou como ele mesmo diz “para se antecipar e chegar antes da bala”.

“Reuni diretores de escolas da cidade e perguntei: o que está acontecendo e o que pode ser feito?”, afirmou o promotor. “A escola é como uma máquina de ensinar a andar. Mas esse instrumento pode se tornar um instrumento de dor, se quebrado o princípio de autoridade”, disse.

E a solução que reduziu em mais de 60% a violência nas escolas de Campo Grande, pasmem, foi o resgate da autoridade. Com pequenas alterações na forma como lidar com os jovens e adolescentes e instrução a pais e educadores, as escolas da cidade foram transformadas.

Segundo o promotor, “o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) não traz apenas direitos, mas também deveres. Os pais precisam retomar seu papel de autoridade e de responsabilidade – não se delega isso a terceiros. E o professor precisa resgatar seu papel de autoridade na sala, e o diretor, seu papel de autoridade na escola”.

Uma das medidas estabelecidas é o contato direto entre diretores das escolas e a promotoria, que atua como consultora para as escolas por telefone ou e-mail. O projeto está dando resultados e tem sido muito elogiado entre os profissionais, pais e até alunos.

“O artigo terceiro do ECA assegura à criança e ao adolescente todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade. Quando levamos Veredas, levamos princípios e isso está garantido na lei”, destacou Harfouche.

O promotor tem sensibilizado pais, educadores e o governo (secretarias municipais e estaduais de educação) com diálogos e propostas de trabalho para combater a violência antes que ela aconteça.

Você pode conhecer melhor o projeto ou até mesmo contatar a equipe do promotor Sérgio Harfouche e trazer essa iniciativa para sua cidade/escola:

27ª Promotoria de Justiça de Campo Grande
Titular: Sergio Fernando Raimundo Harfouche
Endereço: Rua da Paz, 134 – Centro – CEP: 79002-190 Campo Grande – Brasil
Telefone: (67) 3313-4615

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.