Jogo indígena

Adugo ou “O Jogo da Onça” jogo de tabuleiro difundido entre parte da população indígena brasileira de que se tem registro.


Revista 11 – Fevereiro / Março 2014

jogo-da-onca-indigena-02Adugo ou “O Jogo da Onça” jogo de tabuleiro difundido entre parte da população indígena brasileira de que se tem registro.

Algumas etnias Indígenas detentoras do jogo: os Manchineri, no Acre; Guaranis, na Ilha do Cardoso (sul do Estado de São Paulo); Bororos, no Mato Grosso. Este jogo é jogado no chão, com o tabuleiro traçado na areia.

No lugar de peças, os índios utilizam pedras. Uma pedra representa a onça e outras 14, bem parecidas, representam os cachorros. Ele é jogado por dois jogadores. Um deles atua como onça, com o objetivo de capturar os cachorros do adversário. A captura é feita como no jogo de damas. O jogador que atua com os cachorros tem o objetivo de encurralar a onça e deixá-la sem possibilidade de movimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.