Pais homossexuais garantem educação idêntica

Após a aprovação de casamento entre homossexuais em alguns países traz, como consequência, discussões sobre a adoção.


Notícias – 15 de setembro de 2010

GNN - Pais homossexuaisAs campanhas em favor do homossexualismo continuam avançando. O primeiro passo foi a aprovação de casamento entre pessoas do mesmo sexo em alguns países. E, claro, em decorrência dessa legalidade, surgem discussões sobre a adoção.

Michael Rosenfeld, da Universidade de Stanford, publicou em setembro/2010 seu estudo que diz que filhos adotivos de casais homossexuais têm o mesmo rendimento escolar que filhos de casais heterossexuais. E declara: “Os dados do censo mostram que os pais homossexuais não são uma desvantagem para as crianças. Os rendimentos e a educação são maiores indicadores de sucesso para a criança. A estrutura familiar é um determinante menor”.

Opa, dá para brincar de “jogo dos 7 erros” nesse estudo. Primeiro porque a maioria das teses na área de psicologia mostra que a estrutura familiar é a base principal para o desenvolvimento de uma criança. Segundo porque só “rendimento escolar” não é índice para mensurar comportamento. Caráter, estabilidade emocional, relacionamento social, entre outros, são fundamentais para avaliar a formação do ser humano.

A definição de “casal”, segundo os dicionários, significa “composição de macho e fêmea”. Um casal não natural pode causar desvios psicológicos e espirituais. Uma criança não tem maturidade e estrutura para confrontar os preconceitos e a complexidade desse tipo de relação. Não é de hoje que encontramos muitos jovens e adultos com problemas comportamentais porque os pais se separaram e casaram com outros parceiros, por exemplo. Esse quadro de traumas duplica quando se fala em pais homossexuais.

E você, o que pensa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.