Perda ou perca?

As duas, cada uma com seu sentido. Elas são palavras parônimas e costumam ser indevidamente empregadas uma pela outra. Entretanto, se estivermos atentos para seus significados, não há razão para as confundirmos. Vejamos:


Ano 3 – Revista nº 6 – Julho 2012

· Perda ‐ Substantivo que significa “privação de alguém ou de alguma coisa que se possuía”, como em  “Houve perda de receita no último ano” e “Júlio entristeceu‐se com a perda do amigo”.
· Perca ‐ Flexão do verbo “perder” na primeira e terceira pessoas do singular do presente do subjuntivo e primeira e terceira pessoas do singular do imperativo: “Você quer que eu perca a partida, não é?” e “Não perca a esperança”.

Obs.: Há autores que, na descrição das conjugações, omitem a primeira pessoa do singular do imperativo. São, pois, incorretas frases como “Não desejo que ele perda a fortuna” ® (correto: perca) e “Isso é perca de tempo” ® (correto: perda).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.