Como se proteger de assalto “saidinha de banco”

A segurança é uma das maiores preocupações da população. Por isso, a Revista Gente Nova em parceria com a Atento Consultoria em Segurança, preparou uma série de matérias para ajudar você a aumentar sua segurança pessoal e familiar.


Notícias 26 – 15 de abril de 2011

Por: Cleiton Serra é consultor em Segurança Empresarial e Patrimonial. Graduado em Gestão de Segurança Empresarial e Patrimonial, com MBA – Gestão Estratégica de Segurança. Atua na Atento Consultoria em Segurança – Contatos: (11) 972549440 / (11) 947443051

A segurança é uma das maiores preocupações da população. Por isso, a Revista Gente Nova em parceria com a Atento Consultoria em Segurança, preparou uma série de matérias para ajudar você a aumentar sua segurança pessoal e familiar.

A primeira delas não poderia deixar de ser sobre a famosa “saidinha de banco”, crime onde assaltantes se infiltram nas agências bancárias, vigiam clientes que fazem saques de altos valores, para roubá-los na saída do banco. Cada vez mais comum, esse é um assalto em que a cada 10 roubos, 7 tem vítimas que morrem.

O Estado de Minas Gerais é um dos que mais sofreu com esse crime em 2010, com cerca de 70 por mês. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Curitiba, por lá ocorrem de 10 a 12 assaltos por dia, na saída dos bancos. E Brasília lidera o ranking de casos nos últimos 6 anos. Os bancos e as Secretarias de Segurança têm estudado formas de inibir essa prática de assalto, como proibir o uso de celulares dentro das agências, instalar câmeras nos arredores, alterar o formato dos caixas para diminuir a visibilidade, entre outras ações. E ainda assim, é pouco. Deus é quem guarda as vidas, já dizia o Salmo 127. Mas isso não significa que também não devemos andar atentos. Por isso, conversamos com Cleiton Serra, Consultor da Atento, para saber como você pode se proteger.

Qual é o tipo de pessoa que devo suspeitar dentro do banco?

Dentro do banco devemos ficar atentos a pessoas na fila que permanecem sempre ao telefone. Geralmente, tentam dissimular pedindo para que outra pessoa fique em seu lugar, assim estão livres para observar todo o banco. Elas ficam também do lado externo, próximo aos caixas eletrônicos, sempre utilizando envelopes de depósito nas mãos, apenas para driblar sua atenção. Nesta fase o ladrão está escolhendo quem abordar (levantamento).

Existe um horário e uma data com mais incidência?

Não. Basta sacar uma quantia razoável para ter o risco de ser roubado. Em geral, escolhem o cliente mais distraído.

Se eu perceber que tem alguém me vigiando dentro do banco, o que devo fazer?

Informar a segurança.

E no caso de não ter muita certeza, mas quiser me prevenir sobre a pessoa?

Neste caso, o interessante é avisar o gerente ou algum funcionário do banco. Mesmo não tendo a certeza. Caso seja um suspeito, ele sairá da agência para não ser surpreendido pela polícia. Não saia do banco tendo suspeita de alguém.

É possível se prevenir desse tipo de assalto?

Sim. O interessante é praticar a segurança preventiva, desde a saída de casa ou da empresa até chegar ao banco. Não precisa dizer a ninguém que você está indo ao banco ou que vai retirar certo valor. Lembre-se: nem sempre o observador do ladrão está no banco, às vezes, ele está ao seu lado. Pode ser um vizinho ou um colaborador da sua empresa que, de posse dessas informações privilegiadas, vende os detalhes para os ladrões te roubarem. A segurança da informação não está apenas nas guerras, está no simples fato de falar.

Que dicas você daria para prevenção?

* Se possível, evite sacar grandes valores, utilize outros meios eletrônicos de pagamento e transferências;
* Pratique a segurança da informação, selecione quem pode saber que você está indo levar ou retirar dinheiro no banco;
* Após o saque, caso esteja de carro, observe motoqueiros nas proximidades em atitude suspeita. Lembre-se que carro parado é alvo fácil.

Se eu perceber que estou sendo seguido ou que serei abordado na rua, o que faço?

Caso seja seguido, ligue para 190 (Polícia Militar). Procure um local seguro, movimentado, como loja ou mercado, geralmente eles não correm atrás de você, pois não querem chamar a atenção, preferem escolher outra vítima menos preparada.

E no caso de ocorrer o assalto, o que devo fazer?

Se for abordado, acabou o ciclo de prevenção, então NÃO REAJA. Tenha calma e peça calma. Obedeça, informe ao ladrão qualquer movimento que for fazer. Neste momento o ladrão está tanto ou mais nervoso que você. O importante para ele é o dinheiro e para você é a sua vida.

Preocupe-se sempre em evitar assaltos. Atue na PREVENÇÃO, adquira uma postura segura. A observação criteriosa é a chave para a classificação de pessoas ou situações suspeitas. Os criminosos tentarão de todas as formas dissimular para atingir os objetivos.

SEGURANÇA É MAIS SIMPLES DO QUE NÓS IMAGINAMOS, PRATIQUE!!!!

5 comentários em “Como se proteger de assalto “saidinha de banco”

  • 02/05/2011 em 9:51
    Permalink

    ótimas explicações, e também podemos dizer que eles, os ladrões, estão sempre preparados e organizados e por isso temos que seguir as orientações do colega, saindo na frente e zelando pela nossa segurança.

  • 23/04/2011 em 17:37
    Permalink

    Gostei da materia.
    Já fui assaltada na saida do banco com arma na cabeça.O assaltante teve alguma informação de dentro do banco.Só saí viva e com o dinheiro pois busquei socorro em Deus que me livrou de tudo.

  • 21/04/2011 em 20:09
    Permalink

    PREVENÇÃO É TUDO JA FUI VIGILANTE BANCARIO E VIA MUITO ISSO ONDE TRABALHAVA, AS PESSOAS SACAVAM MUITOS VALORES DEPOIS VINHAM CHORANDO DIZENDO QUE FORAM ASSALTADAS….

  • 19/04/2011 em 17:18
    Permalink

    O ultimo tópico diz tudo: PREVENÇÃO.

    Na hora do assalto não há mesmo o que fazer, apenas NÃO reagir.

  • 19/04/2011 em 15:30
    Permalink

    Matéria muito boa, temos que nos precaver, alias nunca sabemos o que pode acontecer quando saimos do portão pra fora de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.